Os eleitos de Deus e o seu caminhar no tempo e no teatro de Deus (54)

g) Não devemos guardar as tradições à revelia da Palavra Jesus acusa os fariseus de guardarem as suas tradições,[8] rejeitando sagazmente, com beleza ardilosa, a Palavra: “E disse-lhes ainda: Jeitosamente (kalw=j)[9] rejeitais o preceito de Deus para guardardes (thre/w)[10] a vossa própria tradição” (Mc 7.9). 2) Guardar-nos puros O guardar a palavra tem implicação direta com a nossa pureza de vida. Somente poderão ter uma vida inatacável aqueles Leia mais…

Os eleitos de Deus e o seu caminhar no tempo e no teatro de Deus (53)

1.3.2.2. A unidade e a nossa responsabilidade   Como vimos, Paulo diz algo revelador a respeito da unidade cristã: “Esforçando-vos diligentemente (Spouda/zw) por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz” (Ef 4.3). A unidade é do Espírito, porém, cabe a nós nos esforçar por sua preservação.   A palavra traduzida por “preservar” é thre/w, que além desta tradução Leia mais…

Os eleitos de Deus e o seu caminhar no tempo e no teatro de Deus (45)

10.2.2. A palavra também tem algo a dizer a respeito do serviço pastoral 1) Paulo recomenda a Timóteo que se apresente a Deus como obreiro aprovado, que maneja bem a Palavra:   Procura (spouda/zw = “esforçar-se com zelo”, “apressar-se”)[1] apresentar-te a Deus aprovado (do/kimoj = “aprovado após exame”),[2] como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem Leia mais…